Páginas

Orgonite Energia Positiva

Orgonite Energia Positiva

quinta-feira, 6 de outubro de 2016

Poluição eletromagnética e irradiações geofísicas – Os riscos invisíveis para a saúde...


"Mesmo tomando todos os cuidados possíveis, você sofre de problemas como insônia, cansaço, dor de cabeça ou nas costas, alergia, distúrbios gastrintestinais, reumatismo, problemas pulmonares, depressão, falta de energia, fraqueza imunológica, distúrbios hormonais e do metabolismo, nervosismo, problemas cardíacos, falta de concentração…

Nesse caso é bem possível que seus sintomas estejam relacionados a uma exposição à poluição eletromagnética e irradiações geofísicas.

Como o ser humano adoece: O ser humano é de natureza eletromagnética — em frações de segundos leves correntes biológicas conduzem as funções do nosso corpo e das células.
· O cérebro e o sistema nervoso central são estimulados por mínimas correntes elétricas.
· O coração é um gerador de campo magnético, cujas correntes podem ser registradas por meio de eletrocardiograma em qualquer adulto.
· O metabolismo, o sistema imunológico e as funções hormonais são monitoradas pelo campo magnético terrestre.

Esse equilíbrio eletromagnético do organismo é continuamente perturbado por irradiações artificiais milhões de vezes mais intensas. Inúmeras torres de retransmissão produzem um ‘manto’ de irradiação permanente. Todos os cabos elétricos geram campos elétricos. Geralmente desconhecemos o caminho que esses fios percorrem dentro das paredes, podendo influenciar fortemente em nossos órgãos eletro-sensíveis. As linhas de alta tensão dos trens e dos ônibus elétricos, os televisores, lâmpadas, radio-despertadores, fogões elétricos etc., geram campos magnéticos que atravessam praticamente qualquer material, até as paredes de concreto.

Além disso, o campo magnético da Terra é deformado por veios d’água e irradiações geofísicas, o que provoca constante deficiência de energia magnética no nosso organismo — algo parecido ao astronauta que permanece fora do campo magnético terrestre.

Face a esse número enorme de fatores prejudiciais, não é de se espantar que o nosso organismo fica desequilibrado, adoece e reage com problemas físicos.

(...)

POLUIÇÃO ELETRÔNICA ou Invisible smog ( fumaça invisível )

Poluição eletrônica ou invisible smog (fumaça invisível). Cientistas batizaram assim os campos de energia produzidos pela moderna tecnologia. Atualmente, vivemos em um meio ambiente literalmente tomado por ondas e radiações dos mais variados tipos. Elas estão em toda parte, correm para todos os lados, e praticamente não há mais um único lugar sobre a superfície do planeta não atingido por freqüências eletrônicas.

São ondas de rádio e de televisão, de celulares e de comunicação via satélite, radiações eletromagnéticas produzidas pela passagem da eletricidade através de uma rede mundial de incontáveis cabos e fios. A nossa é uma civilização movida à base de energia. Mas todas as benesses que a utilização em larga escala da energia possibilita têm um preço alto – e não apenas aquele que pagamos nas contas mensais de luz e telefone.

As evidências – hoje levadas muito a sério por pesquisadores e pelos responsáveis da saúde pública, sobretudo nos países desenvolvidos – sugerem que essa fumaça invisível está causando câncer em crianças e provocando suicídios e depressões, além de síndromes de alergia e várias outras moléstias físicas e psicológicas.

Em recente relatório, a Organização Mundial da Saúde (OMS) afirma: “A poluição eletrônica é hoje uma das influências ambientais mais comuns e de mais rápido crescimento”, manifestando séria preocupação quanto aos seus efeitos sobre a saúde. O relatório acrescenta: “Todos, ao redor do mundo, estamos expostos a ela, e seus níveis continuam a subir à medida em que a tecnologia avança.”

Fios elétricos criam campos eletromagnéticos – um dos componentes da poluição eletrônica –, até mesmo quando nenhum aparelho está ligado. Todos os equipamentos elétricos – das televisões às torradeiras – criam esses campos de energia. Eles diminuem rapidamente de intensidade com a distância, porém aparelhos como secadores de cabelos e barbeadores elétricos, usados próximos à cabeça, podem representar perigo.
Cobertores elétricos e rádios-relógio próximos à cama produzem teores ainda mais altos de radiação eletromagnética, já que as pessoas ficam expostas a ela por muito mais tempo. Campos de rádio-freqüências – um outro componente da poluição eletrônica – são emitidos por fornos de microondas, aparelhos de rádio e televisão, torres e antenas de celulares, além dos próprios aparelhos. Todos eles usados nas proximidades da cabeça e do corpo.

COMO OS CAMPOS eletromagnéticos e eletrônicos nos influenciam? 

Por meio de um fenômeno bem conhecido pela física: a interação de campos de energia. Tudo no organismo humano e de todos os seres vivos funciona na base de correntes elétricas. O cérebro comanda o funcionamento dos órgãos e dos movimentos corporais através de impulsos elétricos que percorrem os nervos.

Os nervos funcionam exatamente como fios e cabos elétricos. E, a exemplo dos cabos e fios, a passagem de uma corrente elétrica cria ao redor um campo eletromagnético. O eletrocardiograma ilustra bem a atividade elétrica do coração. O mesmo faz o eletroencefalograma em relação ao cérebro.

Assim, pela interação de campos, a poluição eletromagnética interfere e altera os nossos campos biológicos. Estes, perturbados, agem sobre o organismo e a psique gerando desequilíbrios e doenças. É o que se chama uma reação em cadeia.

Tudo isso não é mais simples conjectura. Nas últimas décadas, alguns cientistas alertaram sobre os efeitos da exposição das pessoas aos campos gerados pelos cabos de alta tensão. Mas as suas preocupações foram desmentidas e até ridicularizadas pelas autoridades.

No ano passado, no entanto, um estudo estatístico feito pelo Comitê Nacional de Proteção Radiológica, da Inglaterra, concluiu que crianças que vivem nas imediações de cabos de alta tensão são mais propensas a contrair leucemia. A descoberta está provocando uma reavaliação dos efeitos da poluição eletrônica em todo o mundo. Primeira providência: as autoridades britânicas querem impedir a construção de novas casas e edifícios nas proximidades dessas linhas de alta tensão.

De seu lado, a Agência Internacional para a Pesquisa do Câncer – braço da Organização Mundial de Saúde e primeira instituição mundial na área da doença – já classifica a poluição eletrônica como “possível agente carcinógeno no ser humano”. Alguns cientistas vão mais além. David Carpenter, reitor da Escola de Saúde Pública, da State University, de Nova York (EUA), afirma que cerca de 30% de todos os cânceres em crianças são causados por essa poluição.

OUTRO RELATÓRIO DO Departamento de Saúde da Califórnia (EUA) também conclui que a poluição eletrônica pode ser ainda causa de leucemia em adultos, de câncer no cérebro e nas mamas, além de ser responsável por cerca de 10% dos abortos espontâneos. Dessa extensa lista de moléstias também faz parte, com muita probabilidade, uma doença outrora bem rara: a alergia à eletricidade. Ela provoca náuseas, dores generalizadas, confusão mental, depressão e dificuldades do sono e da concentração toda vez que a pessoa se aproxima de aparelhos elétricos ligados ou de antenas de telefonia celular. Algumas pessoas são tão afetadas a ponto de serem obrigadas a mudar por completo seu estilo de vida. 

Fonte: REVISTA PLANETA – EDIÇÃO 420"

Fonte site do Dr.Frederico Lobo
http://www.ecologiamedica.net/2012/01/eletromagnetismo-poluicao-silenciosa-e.html

sábado, 27 de agosto de 2016

ORGONITE auxilia na redução da poluição eletromagnética...



"Estamos rodeados de equipamentos eletroeletronicos que  facilitam muito nossa vida e também nos trazem entretenimento e diversão.
Equipamentos com radiações mais nocivas (como o telefone sem fio, celulares, roteadores wi-fi, etc) estão cada vez mais presentes. 

Só que tudo tem um preço, essa radiação nociva, para o ser humano e qualquer ser vivo, pode provocar patologias a longo prazo (câncer, enxaquecas crônicas, hipersensibilidade elétrica, stress,dor de cabeça,problema na visão, etc).

Há uma solução para diminuir este caos de poluição eletromagnética e ainda, uma maravilhosa peça de arte chamada ORGONITE.

Pesquisadores da Universidade Sebelas Maret University/Indonésia, Anisya Lisdiana, Ayuni Dita Rosalia, Nur Jannah Asrilya, Rais Nur Latifah e Roro Ernia Prawithasar, publicaram um artigo científico intitulado “Utilization of Metal Lathe Waste as Material for the Absorption of Electromagnetic Radiation Based Orgonite“, na revista científica “Journal of Advances in Agricultural & Environmental”, mostrando que a ORGONITE TEM A PROPRIEDADE DE REDUZIR A POLUIÇÃO ELETROMAGNÉTICA A SUA VOLTA.
Journal of Advances in Agricultural & Environmental Engg. (IJAAEE) Vol. 1, Issue 1(2014) ISSN 2349-1523 EISSN 2349-1531

Mas o que vem a ser ORGONITE?

O Orgone é a energia vital (qi), que harmoniza todas as formas de vida com a Mãe Terra.

Esta energia é assim chamado por Wilhelm Reich, que construiu baterias e geradores. Seus trabalhos foram, infelizmente destruídos.

Este trabalho foi assumido por Don Croft, que criou os geradores pessoais que conhecemos hoje (TB, HHG, Chembuster).

A palavra Orgonite foi introduzido por Karl Welz.

E além de ter benefícios como descritos acima, ele é uma linda peça de arte para enfeitar o ambiente.

Alguns benefícios da ORGONITE: 
Transmutação de energia negativa em positiva 
Bloqueio do efeito nocivo de freqüência e radiação eletromagnética (transmissores de telefonia, equipamentos wifi, eléctricos etc) 

Harmonização do lar 
Efeitos visíveis em fotografia Kirlian, 
Entre outros


Como fazer uma ORGONITE?

Para ser orgonite precisa de 3 coisas:

1-Um cristal de quartzo(modula e transmuta a energia)
2-Resina, elemento organico (prefira a cristal poliéster transparente)
3-Metal cobre, aluminio, latão etc (que auxiliará na condução dessa energia na peça)


Equipamentos mediram bons resultados quando a base é de metal e para cima com cobre (devido ser um metal barato e de fácil acesso com bons efeitos de condutibilidade).

A proporção de resina com os itens de dentro (metal e pedras) é de 50% / 50%.


CRISTAL
alem do cristal de quartzo
Acrescente  pedras roladas variadas. Ametistas, jaspes, olho de tigre, quartzo verde, turmalina negra e muitos outros cristais
Resina
Resina Poliéster Cristal

Outros itens para incrementar um orgonite
Pigmento, corante, 
Glíter, que se compra em qualquer papelaria
Alguns símbolos/figuras de valor pessoal (como crucifixo, símbolo do infinito, etc)

Metal granulado para a base
Pode tentar comprar ou ganhar, pois em serralherias, funilarias, tornearias, acabam indo para o lixo.

Fio de cobre grosso ou médio
Pode ser comprado numa loja de material para construção/material elétrico.

Algumas recomendações 
Por segurança, usar luvas, mascara  e óculos (pois enquanto tiver manuseando o material é muito tóxico) caso entre em contato com a pele. 
E também solta um cheiro super forte e por isso usar máscara,
ja vem com o catalisador e  se tem alguns minutos antes do material começar a endurecer para fazer a arte, na internt existem varios tutoriais sobre orgonite.
Procure formas que goste de fazer: silicone, vidro, prolipopileno. e boa sorte"


Fonte:
http://www.segundo-sol.com/2016/02/

.................................................

OS ORGONITES EXPOSTOS NO TEXTO FAZEM PARTE DA NOSSA LOJA VIRTUAL ORGONITE ENERGIA POSITIVA NO SITE ELO7. VISITE-NOS E CONHEÇA NOSSAS LINDAS ORGONITES PRODUZIDAS COM MUITO CARINHO E REVERENCIA A MÃE NATUREZA.

É SO CLICAR NO LINK DA ELO7 AO LADO DA PAGINA.

sábado, 6 de agosto de 2016

Cuidados místicos a ter com as velas...


"Tenha sempre absoluta consciência das forças que deseja despertar. Se despertar o amor, amizade, a sabedoria e a boa sorte, não há motivos para se preocupar.

Antes de tudo, tenha certeza do que quer.
Formule seu desejo para anjos, santos e para você mesmo de maneira consciente e nunca de maneira leviana ou confusa.
Evite acender uma vela que já tenha sido usada.
Velas que já foram acesas não devem ser reaproveitadas. (isso vale para velas de aniversário também). No caso develas usadas para iluminação da casa, não a mude de aposento, pois ela já possui a vibração do lugar onde foi acesa.

Caso tenham ocorrido situações tensas no aposento em que uma vela estava acesa, como brigas, inveja, raiva, repressão e ciúmes, livre-se imediatamente da vela, pois ela se carregou das energias negativas.

Se você não for um iniciado nas ciências ocultas, evite sair e deixar uma vela acesa, mesmo que seja num altar. Além do risco evidente de incêndio, você corre o risco de a vela atrair sem querer seres em busca de auxílio que podem trazer vibrações estranhas para sua casa.

Se você não é iniciado, não é aconselhável acender velas dentro de sua casa para pessoas que não estão mais nesse plano (desencarnados).

Evite que toquem em suas velas. Elas devem estar impregnadas das suas vibrações.

Os monges do Tibet costumam magnetizar as velas antes de acendê-las com a imposição de mãos e mantras para que ela fique integrada a sua intenção. Você pode fazer o mesmo, utilizando óleo e orações ou cânticos.

Procure, sempre que possível, adquirir mais conhecimentos sobre as cores, formas e essências das velas, fazendo com que estes elementos trabalhem ao seu favor de acordo com suas intenções.

SIGNIFICADO DAS CORES DAS VELAS
Existem muitas maneiras de usar as velas. A forma mais simples consiste em preparar a vela para um objetivo específico. Coloque um pouco de azeite ou óleo de amêndoas doces e esfregue vigorosamente nas palmas das mãos.

Unte a vela, passando as mãos sete vezes no sentido do pavio para a base. Esse procedimento serve para
purificar a vela. Depois, repita o procedimento no sentido inverso, ou seja, da base para o pavio, assim estará a impregnar a vela com a sua energia. 

No caso de pedidos para o amor, devem-se colocar duas velas bem juntinhas, e escrever numa delas o seu nome, e na outra, o nome da outra pessoa. Também pode untar as velas com óleos aromáticos específicos para a área sentimental: rosas, ilangue-ilangue ou neróli (flor-de-laranjeira) são boas opções.

Velas Brancas
A mais pura das velas, a vela branca é inspiração para o despertar da espiritualidade e a ascensão da consciência. Ligada aos chakras superiores, desperta a pureza essencial do homem; representa a mãe, sendo excelente para despertar e fortalecer a imaginação, a criatividade e a fertilidade.

Protege as crianças desde o útero materno até os oito anos. Reforça os laços familiares, representando a harmonia e pureza no lar; purifica todo o organismo, (mas ajuda principalmente na cura de doenças estomacais, das glândulas mamárias, do sistema linfático, do sistema nervoso central e do parassimpático). Protege as menstruações, a gravidez e os partos.

Vela Laranja
Esta vela representa o Sol e deve ser utilizada para agradecimento a Deus. Incentiva a criatividade, as atividades artísticas e desportivas; é uma revitalizadora de todo o organismo, mas ajuda principalmente a proteger e restabelecer o coração, a coluna vertebral, o baço, o duodeno, a vista e a fertilidade. É excelente auxiliar para quem quer receber luz, espiritualizar-se e aumentar seu poder mental.

Vela Vermelha
Esta é uma das velas mais utilizadas em magias ciganas e é a mais ligada à beleza física e à sensualidade.

Concede-nos autoridade, vitalidade e paixão; protege-nos de acidentes, de situações de violência e perigo
físico. É a melhor ajuda para a proteção de entes queridos; auxilia em qualquer intervenção cirúrgica; traz
vitalidade a todo o corpo, mas protege principalmente a cabeça, o rosto, os órgãos sexuais, as vias urinárias, os rins, as glândulas supra-renais, a circulação sanguínea e as secreções biliar e hepática. Ajuda a conectar com o chakra básico e com as forças terrestres. Vela importante quando queremos conectar-nos com seres e forças do plano material.

Vela Amarela
Dá forma e movimento às nossas idéias. É a vela da comunicação. Representa a ordem, o raciocínio e a lógica.
Protege especialmente os pulmões e os brônquios, a respiração, o sistema cerebral e suas ramificações nervosas, a língua, os ouvidos, os intestinos, os braços e as mãos. Ajuda a vencer a timidez e favorece as relações sociais; intensifica a memória, a agilidade mental, a eloqüência e a capacidade de entender entrelinhas; também ajuda na cura de doenças psicossomáticas.

Vela Rosa
Por estar muito ligada às forças do coração, esta vela atrai seres e forças ligados a este plano sutil. A vela
rosa simboliza o amor incondicional e as relações regidas por afeto intenso;provoca a atração e desperta a
sensibilidade e os sentimentos nobres e puros; protege o tato, a sensibilidade, o metabolismo, as funções
renais, os órgãos sexuais femininos, a região lombar, a derme e o cabelo. Concede a harmonia necessária que deve haver entre as funções orgânicas; evita o contágio e a propagação das doenças venéreas, assim como da depressão.

Vela Violeta
Violeta é a cor da espiritualidade e a cor de Saint Germain, mestre ascensionado da Chama Violeta que auxilia na queima do karma. Ligada ao chakra do fogo, ajuda na purificação de nosso ser. Aumenta a nossa capacidade de sacrifício e a perseverança; protege os missionários e os imigrantes; actua sobre o pâncreas e o metabolismo endócrino, na circulação arterial e depuração do sangue. Evita processos infecciosos; protege os pés, a pele, os músculos e as cadeiras; auxilia na libertação de diversos tipos de vícios: cigarro, álcool, drogas, fármacos e as depressões suicidas induzidas por este tipo de dependência.

Vela Verde
Ligada ao chakra Svadhistana, ou seja, o chakra dos desejos, esta vela ajuda na realização de nossos sonhos e metas; desperta a vitalidade e recupera a energia vital, sendo aconselhável acendê-la quando nos sentimos exauridos e esgotados. Também utilizada em ritos para alcançar a fertilidade, a abundância e a fartura. A vela verde está ligada ao mundo material, visto que o verde é a cor da natureza. Simboliza a estabilidade, a fidelidade, a constância, a responsabilidade, a perseverança, a longevidade, o êxito na profissão, a sabedoria e a transcendência; protege os idosos e ajuda a evitar as doenças senis; atua sobre os ossos, os dentes, a hipófise, as ramificações neurológicas e todas as partes do organismo consideradas frágeis e delicadas.

Vela Preta
É sempre bom lembrar que a cor preta é uma espécie de esponja que atrai para si praticamente qualquer coisa. Isso aplica-se a roupas e, naturalmente, a velas. Por isso, a vela preta deve ser utilizada somente em rituais esotéricos e por um iniciado, pois ele saberá exatamente que tipo de forças está atraindo.

Vela Azul
Quando azul claro, desperta interiorização, tranqüilidade, paz e harmonização; abre as portas do mundo oculto, tornando fácil a comunicação astral. Ótima na luta contra o medo. Quando o azul é mais profundo, representa o prazer de viver e tudo aquilo que nos desperta gosto pela vida. Ela estimula a sensualidade, a auto-estima e induz à conquista amorosa. Ela protege a garganta, a laringe, a faringe, a tireóide, a língua, as cordas vocais e a fala, o paladar, a Trompa de Eustáquio, o cerebelo, as vértebras cervicais e a nuca.

AS VELAS E AS FORMAS
Vela Quadrada
Este símbolo representa a terra, a matéria e os elementais da terra, os gnomos. Remete à cor vermelha, à nota musical Ré, ao Sol, ao chakra Muladhara e a Xangô.

Vela Meia Lua
Representa a água, o estado líquido, lemanjá e os elementais da água, as ondinas e as sereias. E relacionado
aos sonhos e à Lua. Sua cor de equilíbrio é vinho, a nota musical é Si e desperta o chakra Svaddhistana.

Vela Triangular
Ligada ao fogo, às salamandras, a Ogum e a Marte. Sua nota musical é Dó, sua cor é lilás e desperta o chakra
umbilical.

Vela Hexagonal
Representa o estado gasoso e os elementais do ar, os silfos. Ligado a Oxóssi, sua cor é rosa e sua nota musical é Fá. Desperta o chakra cardíaco e seu planeta é Saturno."

Fonte:http://www.meuanjo.com.br/o-segredo-das-velas/

terça-feira, 12 de julho de 2016

A importancia do Altar de proteção do lar e da familia...


Nos tempos antigos a deusa do fogo sagrado simbolizava a luz e a paz que deveria reinar nos lares, na mitologia romana chamava-se Vesta e na Grecia era chamada de Héstia. Diante deste fogo as pessoas se reuniam para orar e oferecer sacrifícios aos deuses,nas moradas dos gregos e romanos, os altares ficavam sempre acesos e não poderia ser apagado em nenhum momento.O fogo do altar sagrado ficava sempre protegido dos estranhos, a casa era um templo em que seu deus protegia.

O altar protege o  lar e a familia das investidas das forças negativas, dos ataques malignos.O local ideal para montar seu altar dentro de sua casa, é em uma sala dedicada somente para ele. Como para a maioria das pessoas isto é impraticável, pode-se colocá-lo em qualquer lugar onde se tenha o máximo de privacidade para orar. Não havendo tal local, escolha um cantinho, nem que seja dentro de um guarda-roupa, o importante mesmo, é que você monte seu altar.

A presença dos anjos, arcanjos, santos, orixás e divindades trazem uma sensação de proteção a casa, família e lar. Uma bênção celestial repousa sobre o imóvel e moradores. Estas divindades têm a função de fazer com que alguns momentos do nosso dia sejam reservados para entrarmos em contato com os planos superiores, seja por meio da meditação ou das orações, na busca de paz e respostas. Logo, esta energia e crença religiosa e/ou espiritual deve ser fortemente cultuada a todo o momento, por todos na casa e até nas empresas.

Faça a conexão com seu coração e sua intuição e prepare o altar que fará a proteção energetica do seu lar e da sua familia, Um altar tem muitos significados e o mais forte deles é a proteção que obtemos com a reunião dos cinco elementos: Terra, Fogo, Água, Ar e Éter, é um ponto de firmeza edificando seu lar com forças positivas, e lembre-se:
"Os Anjos estão sempre presentes na construção de um altar."


Mariangela Barreto 

domingo, 24 de abril de 2016

Limpando, energizando e programando seus cristais!


Métodos de Limpeza
"Para que a energia dos cristais possa estar em pura sintonia com a sua própria energia, é necessário que se faça, de vez em quando, uma limpeza energética, principalmente antes de seu primeiro contato com os cristais e quando eles forem usados para trabalhar com outras pessoas.

Os métodos de limpeza energética mais utilizados são:
Águas naturais (cachoeiras, rios, lagos, mares): Consiste simplesmente em banhar os cristais em qualquer dessas águas, contanto que não estejam poluídas, pelo tempo que a sua intuição determinar.
Água com sal grosso: Coloque os cristais dentro de um recipiente contendo água e sal grosso. Deixe-os aí por algumas horas e, ao retirá-los, lave-os em água corrente para retirar o excesso de sal. Este método só é aconselhável para as pedras duras e transparentes; algumas pedras opacas, como a Malaquita e a Crisocola, não reagem bem com o sal, e podem perder o brilho e a cor.
Defumação: Acenda o incenso de sua preferência (sálvia, cedro, defumador. etc) e sopre bastante sobre seu cristal, defumando todas as suas faces e toda a sua área, pelo tempo que achar necessário.
Drusa (para limpeza de pedras pequenas): Coloque suas pedras sobre uma drusa (aglomerado) de Cristal de Quartzo incolor e deixe-as por bastante tempo, até achar que estão limpas e recarregadas. A drusa por si só, por conter várias pontas de cristal, é autolimpante e auto-energizante.
Sopro: Mentalize luz branca, ou violeta, e sopre sobre seu cristal, com a clara intenção de limpá-lo e de tirar dele toda energia negativa. Inspire luz branca e/ou violeta e expire pela boca sobre o cristal.
Chuva: Deixe seu cristal sob chuva forte. É um ótimo método de limpeza.
Selenita: O método mais prático, eficiente e rápido para limpar Energèticamente qualquer tipo de cristais ou pedras, é usar um bastão natural de Selenita (ou Gipsita).
 Para isto, coloque sobre uma superfície lisa, um bastão de Selenita e na frente deste um Cristal de Quartzo, cuja ponta deve estar direcionada para todas as pedras que estejam necessitando de limpeza (qualquer tamanho e quantidade). Deixe as pedras nessa posição por cerca de trinta segundos, e elas já estarão todas limpas e energizadas simultaneamente. Este tipo de limpeza serve também para qualquer objeto e para ambientes.

Métodos de Energização
Depois de limpar os cristais, é aconselhável energizá-los, ou seja, “carregar as baterias”. Os métodos mais conhecidos são:
Sol: Deixe seu cristal, após ter sido lavado e limpo, diretamente na luz do Sol, de preferência na parte da manhã, até o meio-dia. (Ter o cuidado que certos cristais não reagem bem ao Sol, tal como a ametista, que pode perder a sua cor.)
Lua: Se quiser energizar seu cristal com energia mais feminina, mais intuitiva, coloque-o diretamente exposto à luz do luar (Lua crescente ou cheia, de preferência).
Sol/Lua: Coloque seu cristal exposto à luz do luar, durante toda a noite, e depois à luz do Sol, até o meio-dia. É um tipo de energização bastante forte.
Terra: Como os cristais provêm da Terra, também se energizam em contato com a energia que vem do centro do planeta. Para isto, basta colocá-lo sobre o chão por um período mínimo de três horas. Não é necessário enterrar os cristais, basta deixá-los em contato com o solo.
Tempestade: Outra forma poderosa de energizar seu cristal é esperar a formação de uma tempestade, com bastante vento, chuva, raios e trovões, e colocá-lo exposto a essa energia.
Energização com as mãos: Coloque o cristal entre suas mãos e gire-o até esquentar, mentalizando passagem de energia de suas mãos para o cristal. Utilize também o método da respiração para recarregá-lo, inspirando luz branca e expirando esta luz carregada de força dentro do cristal.
Drusa: Da mesma forma que limpa, a drusa também pode reenergizar seu cristal. Apenas coloque-o sobre uma drusa por um tempo mínimo de três horas.
Selenita: Durante o processo de limpeza pela Selenita, os cristais e pedras já estarão sendo automaticamente energizados.

Programação
Normalmente, basta o uso da intenção clara para programar um cristal automaticamente. Contudo, para quem necessita de uma técnica para ter mais segurança, aconselhamos o seguinte procedimento:
1. Segure o cristal entre os dedos (mão direita) apontando-o para o terceiro olho (entre as sobrancelhas);
2. Diga mentalmente ao cristal qual é a sua função;
3. Reforce a programação do cristal durante sete dias, dizendo: “Este é o meu cristal para……”
4. Deixe que sua presença interior o guie, e ao utilizar seu cristal com amor e sabedoria você vai descobrir maravilhas. Programe seu cristal com um propósito claro, objetivo e simples. Para reprogramá-lo, limpe-o por um dos métodos já citados, e depois repita o procedimento acima com uma nova programação."

Fonte:
http://purajoia.blogspot.com.br/p/metodos-de-limpeza-para-que-energia-dos.html

quarta-feira, 24 de fevereiro de 2016

O uso das pedras e cristais por civilizações antigas ...


"Em um cristal temos a clara evidência da existência de um princípio de vida formativa, e embora não possamos entender a vida de um cristal, ele não deixa de ser um ser vivo. — Nikola Tesla

Esta é uma citação da obra The Problem of Increasing Human Energy (“O Problema do Aumento da Energia Humana”), de Nikola Tesla escrito no ano de 1900.

Os cristais e as pedras têm sido utilizados há milhares de anos por possuírem poderes de cura, e muitas culturas antigas acreditavam nisto como sendo algo normal, um fato natural da vida.

Pedras e Chakras (clique para ampliar)

Atualmente, sabemos que todas as coisas no universo são formas de energia com a sua própria vibração – incluindo os cristais. Nikola Tesla declarou este conceito como a chave para a compreensão do universo e provou como certas formas de energia podem alterar a ressonância vibracional de outras formas de energia.

É por esse conceito que os cristais e as pedras são usadas ainda hoje para alinhar, curar e alterar a vibração das células corporais, dos chakras e dos corpos sutis em terapias alternativas.

Os antigos não tinham acesso à uma informação científica tão esclarecedora como temos hoje sobre o poder dos cristais. No entanto, essas pessoas pareciam instintivamente atraídas para as pedras, além de terem uma compreensão mais profunda de seus significados.

O uso popular das pedras e cristais em civilizações antigas:

Pedras preciosas e cristais eram utilizados há milênios para melhorar o equilíbrio emocional, físico e espiritual. Como nossos ancestrais sabiam disto nunca poderemos ter certeza absoluta, mas certamente essas culturas davam um aspecto importante a esses mineirais.

Cultura Romana: talismãs e amuletos de cristal eram típicos entre os romanos. Na maioria das vezes, eles eram considerados úteis na melhoria da saúde, atraindo coisas desejáveis e para fornecer proteção em batalhas.


Muito apreciada pelos faraós, a Lapis Lazuli simbolizava a água como elemento primordial da criação e era colocada com as múmias para substituir o coração e fazer a regeneração no outro mundo.

Antigos Egípcios: Um dos maiores defensores históricos de cristais de cura, os egípcios enterravam seus mortos com quartzo sobre a testa. Eles acreditavam que isso ajudava a orientar a pessoa de forma segura para a vida futura. Os faraós carregavam cilindros cheios de quartzo para equilibrar as energias do corpo.

Fortemente associado à Deusa Isis, a pedra Lapis Lazuli foi muito usada por senhoras da realeza – como Cleópatra – sobre os olhos, para promover a iluminação e a consciência.

Dançarinos vestiam rubis em seus umbigos para promover a energia sexual. Muitos usavam cristais sobre o coração para atrair o amor e possuíam uma coroa repleta de cristais para estimular a iluminação e o despertar do terceiro olho.

Cultura Chinesa: a medicina chinesa geralmente incorpora o uso de cristais – incluindo agulhas com a ponta de cristal, utilizados na acupuntura e outras sessões de cura. Estas tradições vêm de quase 5.000 anos de prática.


A ametista simboliza a mudança do estado de consciência normal para um estado meditativo.

Gregos Antigos: a pedra hematita era esmagada e esfregada sobre os corpos dos soldados antes da batalha com a ideia de que os fariam invencíveis. Curiosamente, a palavra cristal é derivada da palavra grega krustullos – que significa gelo – pois até 1.500, muitos acreditavam que os cristais de quartzo eram gelo eterno enviado dos céus.

Na mitologia grega, Ametista seria o nome de uma ninfa que, para ser protegida do assédio de Dionísio, foi transformada pela deusa da castidade Diana num cristal transparente. Dionísio então nada mais poderia fazer, a não ser mergulhá-la no vinho – de onde teria vindo sua coloração púrpura. Por isso, dizem que o nome dessa pedra tem origem do grego – a, “não” e methuskein, “intoxicar” – de acordo com a antiga crença de que esta pedra protegia seu dono da embriaguez e intoxicação.

Tradições Indianas: a medicina aiurvédica na Índia considera o cristal valioso para a metafísica e a cura de desequilíbrios emocionais. O uso de cristais de cura está documentado nas páginas do Vedas, que também faz referência à habilidades específicas de cada pedra. Como por exemplo a Safira, utilizada para trazer astúcia, clareza e equilíbrio mental; e o Jasper, usado para trazer harmonia, vitalidade sexual e equilíbrio no primeiro chakra.

Crenças Japonesas: utilizar os cristais e as pedras para a vidência é uma prática muito comum na cultura japonesa. Para os antigos japoneses, os cristais de quartzo são equivalentes ao coração de um dragão, e manifestam o seu poder e sabedoria.

Visão científica sobre os cristais de cura:

Não há atualmente nenhuma prova científica de que o cristal possua a energia de cura em si, mas existem conceitos de eletromagnetismo comprovados pelo físico James Clerk Maxwell, que juntamente com os vários avanços na teoria quântica nos dão evidências que os antigos sempre souberam. De acordo com essas teorias tudo vibra em determinada freqüência, e os cristais têm a capacidade de alterar as frequências de outros objetos ou corpos quando eles ocupam o mesmo espaço.

Dessa maneira, um cristal – que em suas próprias oscilações de freqüência – vibra dentro de um campo de energia por meio da lei física de ressonância, criando um campo vibracional maior, afetando o sistema nervoso e transmitindo informações para o cérebro. Em essência, essas vibrações de ligação podem harmonizar e estimular mudanças bioquímicas que afetam a saúde física de uma forma positiva, promovendo a cura."

(Texto de Stephanie Lucas | Traduzido e adaptado por Despertar Coletivo | Via: Quantum Stones)
Fonte:http://www.despertarcoletivo.com/o-uso-das-pedras-e-cristais-por-civilizacoes-antigas/

sábado, 20 de fevereiro de 2016

Terapia com Cristais, O CRYSTAL HEALING...


"A aplicação de cristais pode expandir a consciência, facilitar o equilíbrio energético e abertura de chakras

Manter bons sentimentos e vigiar os pensamentos é o melhor meio para não ficarmos em sintonia de vibração com as faixas negativas. Estar ligado às faixas positivas e luminosas habitadas por espíritos evoluídos como os anjos, é a escolha mais acertada. Se a sua vida tem energia negativa, procure combinar de imediato a energia oposta de modo a equilibrar ambas as forças e neutralizar assim muitos problemas. A força da palavra, do pensamento e do gesto devidamente disciplinada, pode ajudar imenso.

Embora pareçam inanimados, os cristais são fontes de vida. Emitem energia de luz e de amor ao seu redor. Têm energia própria mas também são excelentes condutores. Por este motivo são utilizados em muitos dispositivos eletrónicos e relógios.
 Os cristais têm a particularidade fantástica de emitir energia por longos períodos de tempo e de multiplicar a intenção ou energia solicitada.

Apesar de milenar, a utilização destes Seres nas áreas de cura tem resultados magníficos. O trabalho é feito com o cristal, a energia universal e o poder do Verbo, ou seja, o poder da palavra falada e a intenção associada. Os cristais têm a capacidade de ampliar e conduzir a energia abrindo por isso os 4 corpos terrenos para novas realidades e patamares de consciência através de canais de luz.

A aplicação de cristais pode expandir a consciência, facilitar o equilíbrio energético e abertura de chakras, limpeza de aura, fortificação do campo mental e emocional, bem como libertação de bloqueios energéticos.

Cada pedra ou cristal tem uma cor e personalidade. Cada variedade é indicada para situações específicas. A sua utilização é poderosa quando utilizada em mandalas humanas. Os cristais captam, concentram e irradiam energia cristalina pura. A energia do reino mineral é dourada.

A meditação efetuada em conjunto com os cristais adequados para cada chakra tem um forte poder curativo. Existe um ou dois tipos de cristais destinados para trabalhar eficazmente cada um dos chakras.

As grelhas de cristais são organizadas com grupos de cristais específicos. Cada grelha de cristais é construída com uma intenção específica, ex: procura de um novo emprego, atrair para a vida algo que nos faz falta, cura energética, libertação de bloqueios, abertura de portais para outras vibrações de luz, comunicação angélica, e acesso ao Eu Superior.

As crianças Cristal apresentam uma habilidade especial para lidar com o reino dos cristais quer em situações de cura humana, quer na integração natural dos cristais no dia a dia; Na protecção de plantas e na criação de um campo positivo à sua volta, dando origem a plantas que duram mais e dão mais flores. No planeta existe uma história longa de interrelacionamento com os cristais e a sua aplicação nas tarefas mais básicas da vida diária, no desenvolvimento humano e na manutenção das forças dos 4 elementos.

A formação base do Ser humano está intimamente ligada com a geometria sagrada. Os cristais apresentam as mesmas formas presentes na geometria sagrada na sua constituição, e são assim veículos de acesso ao progresso espiritual e entendimento da origem do tudo o que existe.

O que está em baixo é como o que está em cima e vice versa.Os cristais surgem do centro da terra e encerram em si muitos dos mistérios e caminhos para os “céus” e outros planos divinos.

Os cristais podem ser utilizados com muito sucesso em terapias como a comunicação e abertura espiritual para o reino angélico,viagem astral consciente, equilíbrio no sistema energético, cromoterapia, banhos de limpeza energética, equilíbrio do Feng Shui, joalharia terapêutica, enraizamento, protecção, meditação, construção de mandalas, entre outras.

Podem ser utilizados nos quartos das crianças, em casa ou no infantário para estabelecer uma atmosfera de paz e energia subtil, que ajudará as crianças a dormir melhor e mais tranquilmente.

Podem ser energeticamente carregados pelos pais com intenções de paz e amor, de forma a que os filhos tenham boas relações na escola ou para fomentar o sucesso escolar.

A construção de mandalas é feita com base na organização de cristais sobre um símbolo de geometria sagrada, ou símbolo tradicional Tibetano com uma intenção associada. Uma vez formada a mandala, esta pode contribuir para que exista paz numa determinada área do mundo, numa mudança de carreira, na construção de um novo relacionamento, como complemento para cura de uma doença ou para atrair riqueza e abundância em todas as áreas da vida.

E para terminar deixo alguns exemplos de cristais e as suas mais comuns aplicações:

Ametista:
Excelente para facilitar estados meditativos. Calmante. Desenvolvimento da intuição.
Chakras associados: coroa.

Citrino:
Fomenta auto estima. Equilibra pensamentos de auto destruição. Atrai abundância.
Chakras associados: coroa e plexo solar.

Lápis Lazúli:
Foco mental. Amplia a intuição. Facilita a comunicação com o Eu Superior.
Chakras associados: 3ª visão e garganta.

Quartz Rosa:
Abre o chakra do coração. Fomenta energias de compaixão.
Chakra associado: coração.

Cristal de Quartz Branco:
Amplia todas as intenções e o trabalho dos outros cristais."


Isabel Leal
http://lifestyle.sapo.pt/astral/terapias/cristais/artigos/terapia-com-cristais-o-crystal-healing?artigo-completo=sim

Linkwithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...